A GRANDE LUTA CONTRA CONTAMINAÇÃO

Esportes de exaustão (como esportes de contato) e a síndrome de overtraining estão comumente ligados a grandes casos de infecção bacteriana. Alguns estudos mostram que a exaustão causa a redução funcional de células imunes, onde aumenta a susceptibilidade da contaminação. O suor é um meio rico em água e eletrólitos, onde propicia a contaminação e proliferação de micro organismos, em ambientes como academias, onde comumente são contaminados pelo suor sendo das mãos ou do corpo, se torna um ambiente com grandes riscos da proliferação bacteriana. A bactéria Staphylococcus aureus que pode também se disseminar nesses meios é muito perigosa, pois é resistente a vários antibióticos podendo levar a sepse (infecção geral grave), amputação de membros e a morte. Para evitar esse tipo de infecção deve seguir alguns protocolos de higiene pessoal, como manter unhas sempre limpas e cortadas, tomar banho, usar roupas limpas. Mas o ambiente em que o atleta convive sem duvidas devera ser totalmente higienizado, pois o ambiente é a maior fonte de contaminação e proliferação de micro organismos, pelos resíduos corporais, ambientes fechados e muitas vezes de higiene precária se torna um foco da contaminação de bactérias, aparelhos e tatames que o atleta usar, e também vestiários e banheiros deverão ser limpos e desinfetados, o atleta deve se preocupar também em lavar e higienizar roupas e kimonos.Uma forma de controlar a proliferação de fungos e bactérias é o uso constante de DesinFect.

Mas o que é o DesinFect?

DesinFect é um bactericida, fungiestático e desinfetante a base de Cloreto de Alquil Dimetil Benzil Amônio a 20%, por ser super concentrado tem duas opções de diluição, sendo para ambiente clínico ou limpeza geral, que pode ser usado na desinfecção de todo ambiente de academia, aparelhos, tatame, octogóno, acessórios, vestiários, banheiros e também as roupas como kimono.

Academia pode proliferar bactéria

Responda rápido: o que é mais perigoso, um adversário de 120kg ou uma bactéria com um micrômetro de diâmetro? Se você pensou na primeira opção, errou. Nos últimos tempos, muitos lutadores de MMA vêm sofrendo com as infecções por Staphylococcus. Mas o que exatamente é a staph infection?

O caso que tornou a bactéria famosa no mundo do MMA foi o de Rodrigo Minotauro, que sofreu o primeiro nocaute de sua carreira contra Frank Mir, em 2008, antes de revelar, ainda dentro do octagon, que passou uma semana internado para tratamento da infecção, que havia se instalado em seu joelho. Desde então, o assunto costuma entrar em pauta, e a bola da vez foi Mark Hunt, que, recentemente, gravou um vídeo em que mostra um buraco em sua própria perna esquerda, devido à infecção.

Proteção garantida contra fungos e bactérias.

Eficaz na eliminação de Salmonella, Staphyloccocus Aureus, Escherichia Coli e Pseudomonas Aeruginosa e de trichophyton mentagrophytes. Possui atividade antimicrobiana e ação fungistática comprovada através de laudos realizados em laboratório credenciado pela ANVISA.

PROTEÇÃO GARANTIDA PARA SEUS TREINOS

Uma outra característica importante do DesinFect é a atuação Fungistática em cepas de agentes (microorganismos) telúricos como o fungo Trichophyton mentagrophytes. Esta mesma especificação da ação bactericida, segue agora como Fungicida, seguindo os mesmos critérios em ensaios , quando utilizada na concentração de 1/20 a 10 minutos. Também é importante destacarmos a alta tolerância à dureza de água, e sua atividade antimicrobiana não é significativamente afetada em presença de matéria orgânica e mantendo sua estabilidade em condições extremas de ph e temperatura.

Todas estas características, conferem ao DesinFect um desinfetante concentrado, bactericida e fungicida indicado na limpeza e esterilização de agentes nocivos nos mais diversos ambientes.

DesinFect pode ser utilizado em (hospitais, clínicas, limpeza e desinfecção de pisos, paredes, salas cirúrgicas e banheiros). Podendo também ser utilizado na limpeza e higienização de artigos não críticos ou metais. Nos casos de artigos não críticos ou metais, mergulhar em solução na proporção de 10ml para 200ml de água por 10 minutos. Após este período retirar as peças e secá-las. Como o produto não é corrosivo, não necessita lavar os instrumentos em água corrente.

Para evitar alguns tipos de infecção deve seguir alguns protocolos de higiene pessoal, como manter unhas sempre limpas e cortadas, tomar banho, usar roupas limpas. Mas o ambiente em que o atleta convive sem duvidas devera ser totalmente higienizado, pois o ambiente é a maior fonte de contaminação e proliferação de micro organismos, pelos resíduos corporais, ambientes fechados e muitas vezes de higiene precária se torna um foco da contaminação de bactérias, aparelhos e tatames que o atleta usar, e também vestiários e banheiros deverão ser limpos e desinfetados, o atleta deve se preocupar também em lavar e higienizar roupas e kimonos.

Fale conosco

Sinta-se livre para conversar conosco a qualquer momento, utilizando o nosso formulário ou as redes sociais.